Ponta de flecha encontrada na Praia Brava… em 1992

Publicado em Praia Brava
Ponta de flecha encontrada na Praia Brava Itajaí

Ponta de flecha encontrada na Praia Brava Itajaí

Hoje a tarde – 18/4/11 - eu e a esposa fomos visitar o Parque Cyro Gevaerd de Balneário Camboriú. Lá, já no museu, revi as pontas de flecha dos antigos povos que habitavam essa região a cerca de 3000 anos, pela terceira vez, e lembrei que – lerdo como sou – estava devendo a foto acima para este site há muito tempo.

Encontrei a ponta de flecha acima em 1992, não sei ao certo o mês, num terreno próximo à esquina das ruas Delphim de Pádua Peixoto e Carola Coelho da Praia Brava Itajaí. Tinha somente 11 anos de idade e, como criança que era, estava brincando com meu primo e um amigo em meio aos lotes de uma Praia Brava ainda com pouquíssimas casas. Não faço a menor idéia de como ela foi parar ali.

Mas lembro bem como a encontrei. Tinha recém completado um daqueles álbuns de figurinhas daquelas que vinham em chicletes somente catando as figurinhas das embalagens dos chicletes que as pessoas jogavam no chão. Coisa de moleque. Então na época ainda estava com o cacoete de andar corcundo tentando encontrar as coisas no chão ;-) até me deparar com a flechinha acima. Guardo-a há anos com imenso carinho. É daquelas coisas que não querem dizer nada e ao mesmo tempo dizem tudo.

***

A propósito o museu do parque Cyro Gevaerd expõe algumas ossadas incríveis dos primeiros habitantes dessa região. Se não foi ainda, vá! Eram os chamados Homens do Sambaqui. Percebi que a maioria das pessoas ali no museu passava, via tudo muito rápido, com muita pressa e pouco interesse. Tudo bem que é um tema até certo ponto macabro, devido ao aspecto daquelas ossadas. Mas não conseguem enxergar o quão fantásticos são aqueles ossos e artefatos como pontes para toda uma outra realidade que já existiu por aqui. E igualmente fantásticos são aquelas fotos dos sítios arqueológicos da praia de Laranjeiras onde as ossadas foram encontradas, e também os pedaços de cerâmica e outras ferramentas de pedra, algumas polidas, outras lascadas, usadas por aquelas pessoas.

É para mim fantástico tentar imaginar – e apenas tentar porque tudo era impossivelmente simples - como era a vida daquelas pessoas. Suas histórias simples, suas alegrias, suas solidões diante de uma praia – e um continente – ainda virgem, intocado, onde viviam totalmente integrados à natureza. Como foi a vida daquelas mulheres que morreram grávidas? Me é surpreendente imaginar como era o dia a dia daquelas pessoas que existiram AQUI antes de Jesus, de Platão, de Sócrates e toda essa gente que contribuiu para a civilização chegar onde – bem ou mal – chegou!

Visitar o museu do parque Cyro Gevaerd é uma verdadeira viagem – e a melhor delas – uma viagem no tempo, a inacreditáveis 3000 anos atrás.

Tags: , ,

4 comentários para “Ponta de flecha encontrada na Praia Brava… em 1992”

  1. nilson disse:

    encontrei duas pontas de flecha uma igual a da sua imagem a outra um pouco comprida,encontrei em mins geraes, e estou com elas no rio de janeiro , sera que vale auguma coisa?

  2. luiz disse:

    Ola amigo eu tenho 4 pontas de flechas iguais a essas ,elas foram encontradas numa antiga reserva indigina ,eu preciso de alguem para examina-las , meu e-mail lcr-reys@bol.com.br

  3. Maristela disse:

    Olá, tenho uma ponta de flecha igualzinha a esta sua, foi encontrada há uns 20 anos eu acho pelo meu pai, hoje falecido, fiquei com ela por recordacão dele. Lembro que ele a encontrou em uma antiga barrreira, lugar onde extraia-se barro para confeccão de telhas e tijolos, localizada em Petrolândia SC.

  4. Paulo Heiderschaidt disse:

    Achei um igual em Rio Dos Cedros Sc,só tenho 2 duvidas:que material é feita e quanto vale.

Deixe um comentário

Copyright 2008 - 2017 PraiaBrava.info - Destinos de Santa Catarina - Litoral do Paraná - Frases Engraçadas - Kitnet em Itajaí