Arquivo da Categoria ‘Balneário Camboriú’

A eterna briga pelo sol nas areias de Balneário Camboriú

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015
Sombras dos prédios na Praia Central de B. C.

Sombras dos prédios na Praia Central de B. C.

Em toda temporada de verão há essa reclamação das sombras dos prédios na praia Central de Balneário Camboriú.

Desta vez foi a Falha de São Paulo (sic) que apontou novamente essa questão do veraneio em Balneário…

É evidentemente uma questão delicada, mas percebe-se claramente que a vontade de criticar uma das cidades mais incríveis do sul do país é maior do que a de ver a situação com um enfoque mais amplo.

Assim como o Carlos Tonet comenta abaixo, eu acho essas sombras ótimas, já que o sol é reconhecidamente um dos mais fortes fatores de envelhecimento. Eu fujo do sol como posso.

Entretanto, tem aquele detalhezinho:

Desde que nasce até depois das 15hs o sol reina soberano nas areias da praia, mas o que as pessoas fazem então?

Usam guarda-sol, boné, óculos escuros e protetor solar.

Isso quando não ficam disputando espaço com as cadeiras para ficarem sob a sombra das árvores da avenida atlântica.

Vai entender azpessoa

Comentário de Carlos Tonet

Pela segunda vez em dois anos a Folha de S. Paulo dedica-se a fazer reportagem sobre a sombra dos prédios em Balneário Camboriú.

Hoje foi a foto principal da capa.

Deve ser algum repórter que passa férias por aqui e encrespou com o negócio.

Apesar do título sensacionalista, a matéria interna não diz nada com nada sobre os horários do sol e da sombra.

Essa é uma velha questão e muita gente que critica simplesmente não veraneia em BC.
As sombras acontecem depois de quatro horas da tarde e, mesmo assim, sobra muito espaço com sol.
Nesse horário, só está tomando sol quem não preza pela saúde.

As sombras no final de tarde são ótimas pra brincar com as crianças.

Perdi a conta dos livros que li na beira da praia, sob a sombra de algum prédio no final de tarde, aproveitando a brisa.

Quem fizer questão de se esturricar no sol da tarde, contrariando todas as orientações médicas, ainda encontra bastante espaço para fazê-lo.

Fonte

Temporada pra quê?

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Toda a temporada é a mesma ladainha. “Cadê os turistas?”, “Cadê o dinheiro?”, “Tá fraco!!!”, “Essa chuva maldita”, “Os turistas só comem sanduíches tem pouco poder aquisitivo, etc. É assim, chega o verão e com ele as repetidas reclamações dos comerciantes. Colocam a culpa em tudo, mas não conseguem rever seus conceitos.

Com todo o respeito, creio que os comerciantes de Balneário Camboriú não observam o fenômeno da temporada de verão com isenção. Temporada, vamos falar a verdade, não serve pra nada. É preciso se preparar para crescer durante o ano inteiro e então somente “aproveitar” o fluxo de virada de ano, só! Se não for viável então é melhor fechar as portas.

Trabalho com internet com vários sites relacionados ao turismo e o que observo que a maior parte das pessoas que “procuram” por informações relacionadas a BC no Google (provavelmente para vir pra cá) são nossos vizinhos de Blumenau, Joinville e interior. A proporção de paranaenses e gaúchos e mesmo paulistas, que vem pra cá é considerável, mas aquém da expectativa dos comerciantes. Não se pode esperar “faturar” só com eles pro ano inteiro. Muito menos com os gringos que por tantos que sejam, são muito poucos, proporcionalmente e reconhecidamente com baixo poder aquisitivo.

Em sendo você comerciante de cidade com fluxos sazonais de turistas, priorize ainda assim o morador, seu vizinho. É ele que sustenta o seu comércio durante o ano inteiro e merece prioridade. Os turistas devem sim ser muito bem tratados, mas como uma espécie de “bonificação” anual nos lucros e não como os salvadores da pátria. Trabalhe como se não houvesse temporada e então sim verá as coisas sob um viés mais realista e razoável. Se preparar para a temporada é muito válido e fundamental, mas ESPERAR pela temporada não vai ajudar em nada.

Vejo muita esperança e pouca razão, e ainda, pouca iniciativa. Não dá para abrir a porta e esperar que “venham”. Não é bobagem da minha cabeça, afinal já é clichê no mundo corporativo o fato de ser você quem tem que ir atrás do cliente. Ainda assim, quando o prefeito Edson Piriquito vem com algumas iniciativas relacionadas a eventos, ramo no qual a cidade deixa a desejar, é alvejado com críticas. Essas iniciativas otimizam sim o fluxo de turistas e favorecem a toda a cidade, contudo, de qualquer forma, não espere “ficar rico” só com os turistas.

Ronaud Pereira

Copyright 2008 - 2017 PraiaBrava.info - Destinos de Santa Catarina - Litoral do Paraná - Frases Engraçadas - Kitnet em Itajaí